Nosso

Blog

Como a tecnologia impacta nas operações logísticas?

12 de julho de 2019
Como a tecnologia impacta nas operações logísticas?

O principal objetivo da logística é conseguir entregar o produto certo, da forma mais adequada, no menor tempo possível e gerando somente o custo necessário. Ao aliar tecnologia e logística, isso pode ser alcançado com maior eficiência, gerando processos menos complexos.

Assim, é possível integrar processos, melhorar a comunicação entre os departamentos e manter a linearidade das etapas logísticas da empresa.

Aqui você vai entender melhor os benefícios da aplicação da tecnologia na logística, conhecendo quais ferramentas podem ser usadas para aprimorar a gestão. Confira!

A tecnologia simplifica os processos

Ao implementar uma solução tecnológica, realizar a padronização dos processos é crucial para que o investimento seja aproveitado com mais eficiência. Isso é necessário para evitar os erros e garantir que as informações serão inseridas no sistema de maneira uniforme — o que faz toda diferença na hora de realizar as análises.

Além disso, o acesso aos dados se torna mais fácil e rápido, consegue-se ter maior controle sobre os processos, muitas atividades são executadas de maneira automática e as equipes se tornam mais produtivas.

Com isso, os métodos de trabalho e a tomada de decisão que são realizados diariamente se tornam mais simples.

Garante centralização, maior segurança e confiabilidade das informações

Em tempos em que os mercados estão altamente competitivos, informação é tudo. Obter os dados relevantes, de maneira acertada e com agilidade pode ser a vantagem que o negócio precisa para se destacar e sair na frente da concorrência.

Quando se adota um sistema de gestão, todos as informações ficam concentradas em uma base de dados única, o que facilita o monitoramento e o acesso a elas. Além disso, dessa forma elas ficam mais seguras, estando menos sujeitas a extravios, fraudes e erros.

Aumenta a agilidade nas operações e ajuda a promover a redução de custos

A automação dos processos faz com que as rotinas estejam alinhadas, promovendo mais agilidade e aumento da produtividade — principalmente no que diz respeito à transição entre tarefas em que é necessário a troca de informações (a rapidez é fundamental para evitar desperdícios de tempo e mão de obra).

A padronização dos processos, citada anteriormente, é um dos fatores que contribuem para que as operações sejam simplificadas e que os gargalos que as dificultam sejam eliminados, permitindo que as atividades sejam executadas com mais eficiência.

Por consequência, chega-se na redução dos custos. Ela é possível graças à eliminação dos desperdícios, uma equipe mais produtiva e eficiente, redução do tempo do ciclo de vida do pedido, diminuição de paradas durante o trabalho, dentre outros pontos.

Estreita o relacionamento com os parceiros de negócio

Da mesma forma que a tecnologia permite que os processos internos sejam integrados, melhorando a rotina, é possível contar com soluções que ajudem a aprimorar o relacionamento com os parceiros de negócios — o compartilhamento de informações via EDI é um grande exemplo disso.

Dessa forma, seus fornecedores e parceiros também garantem uma comunicação fluida e mais ágil, o que ajuda a tornar as operações mais rápidas, de ponta a ponta da sua cadeia logística.

Com essa sinergia e a troca de informações, torna-se possível encontrar meios de aumentar a qualidade dos produtos e serviços e satisfazer as necessidades dos clientes.

A partir daí todas as empresas envolvidas passam a atuar em conjunto, tornando o grupo mais forte e competitivo, permitindo sair na frente dos concorrentes em muitos aspectos.

Faz a empresa se tornar mais próxima dos clientes

Existe uma ferramenta chamada CRM — ou Gestão do Relacionamento com o Cliente, em português — que ajuda a compreender melhor seus clientes, por meio de uma base de dados bem sólida, e voltar o foco para oferecer um atendimento personalizado, que satisfaça suas necessidades.

Apesar de ser um recurso voltado para a área comercial, ele pode ser aproveitado para obter informações a respeito do que os consumidores acham do serviço que é oferecido pela sua empresa. Assim, consegue-se saber quais são as principais reclamações e o que precisa ser feito para diminuir esses índices.

Proporciona visão sistêmica e integrada dos processos

Do ponto de vista gerencial, o investimento em tecnologia garante maior visibilidade e controle dos processos, já que a grande maioria deles são automatizados ao adotar um sistema de gestão.

Isso, por si, já faz com que se possa acompanhar, com maior precisão, todas as etapas de uma operação — desde o momento em que o pedido é feito, até a hora em que ele é entregue para o cliente final, graças a união entre tecnologia e logística.

Tudo isso dá ao gestor um panorama bem realista e atualizado de tudo o que está acontecendo, já que torna-se possível acessar as informações em tempo real e de maneira simplificada.

Não é apenas uma ferramenta de controle

Além de todos os benefícios que já foram citados, ainda vale lembrar que a adoção de tecnologia nas operações não se trata apenas do investimento em uma ferramenta de controle dos processos.

Na grande maioria dos casos, sistemas de informação permitem a criação de relatórios, que fornecem uma visão bem ampla de cada área e permitem que o gestor analise melhor cada aspecto sob sua gestão.

Ou seja, todos os dados podem ser usados para otimizar os processos, tomar decisões mais acertadas, ou mesmo elaborar novas estratégias. Dessa forma, o investimento em um software também tem potencial para ajudar a criar vantagem competitiva para o negócio — haja vista que ajuda a reduzir os custos, aumentar a qualidade dos produtos e serviços e melhorar o atendimento ao cliente, por exemplo.

Fonte: SetCesp https://setcesp.org.br/noticias/como-a-tecnologia-impacta-nas-operacoes-logisticas/